Seja bem vindo!

Este blog pertence a empresa M.E.T.A.S. Gestão de Recursos Humanos. Idealizada no ano de 2006, teve sua formalização e o início de suas atividades no inicio do ano de 2013, com foco voltado especialmente a organizações de pequeno e médio porte, nossos serviços atendem nas áreas de:

ü Implantação da Estrutura de Gestão de RH;

ü Capitação (Recrutamento e Seleção);

ü Capacitação (Treinamento e Desenvolvimento) e;

ü Gerenciamento, Controle e Manutenção das Relações Trabalhistas.

Nos colocamos a inteira disposição!

Vitor O Ribero

Técnico Contábil, Analista de RH e Técnico e m Saúde e Segurança do Trabalho

E-mail: vitororibeiro@gmail.com

Cel.: (014) 99727 8822













Pesquisar este blog

Carregando...

Em sua opinião qual recurso é mais útil para reter talentos na organização?

SINE

SINE
Site Nacional de Emprego

Confira abaixo as oportunidades de emprego

Oportunidade de Emprego.

Função:

Requisitos Básicos:

Experiência:

Salário:

Interessandos encaminhar curriculo por e-mail para: vitororibeiro@gmail.com







Vitor O Ribeiro

Vitor O Ribeiro
"Desenvolvendo estratégias para sua empresa crescer"

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Como Estabelecer Objetivos e Metas Atingíveis.

Saiba como tornar suas Metas e Objetivos para 2009 uma Realidade.

Ao nos aproximarmos do encerramento de mais um ano, surge à necessidade de iniciarmos a analise do ano que se encerra e elaboração dos projetos, dos objetivos e das metas para o próximo ano. Para tanto duas ações são de grande importância, “analisar e elaborar”, destas duas ações depende o sucesso de nossos investimentos, sejam eles de tempo, de empenho, ou financeiro. Indispensável para a vida pessoal, familiar e principalmente na vida profissional e financeira, a analise do que já tenha sido realizado e alcançado é de extrema importância, uma vez que é por meio da mesma que podemos identificar quais os objetivos e metas que realmente foram alcançados e quais os problemas, falhas e erros que impossibilitaram que outros não obtivessem o sucesso esperado. Após analise detalhada de todos os projetos e de seus sucessos e falhas surge à necessidade de se elaborar implementações e melhorias que viabilizem a correção das falhas e a utilização de meios que conduzam ao sucesso dos projetos já existentes. Infelizmente muitas vezes finalizamos um ano com varias de nossos projetos incompletos, sem termos alcançado a sua finalização ou mesmo objetivos que foram, durante o curso do ano, foram deixados para traz ou esquecidos. Objetivos estes que encontraram entraves e barreiras que impediram a sua evolução ou mesmo que se mostraram grandiosos demais para a sua realização. Para que ao elaborar seus planos e projetos para o próximo ano não venha a incorrer em situações semelhantes e para que não invista tempo e empenho na elaboração de planos de ação e objetivos que venham a se mostrar fora de nossa realidade, vale analisarmos alguns elementos importantes que devem configurar nosso projeto para o próximo ano, sejam eles pessoais, familiares, financeiros e profissionais. Há uma definição utilizada quando a questão é a criação de objetivos, independente de onde eles serão aplicados, essa definição é S.M.A.R. T, mas, o que realmente procuramos na definição de um objetivo quando dizemos que ele deve ser S.M.A.R. T?
“Specific” ou Específico. Ao definir um objetivo, não se deve deixar espaço a interpretações duvidosas. Quanto mais detalhado for o objetivo, melhor será sua compreensão e maiores suas chances de ser atingido. Assim, este necessita ser “Specific”, ou seja, “Especifico”. Procure identificar e deixar bastante claro os seguintes pontos ao definir um objetivo:
1- Quem está envolvido?
2- O que eu quero atingir exatamente?
3- Aonde deve ser atingido este objetivo?
4- Qual é o período no qual este objetivo deve ser atingido?
5- Quais as vantagens ou benefícios existem em atingir este objetivo?
Procure manter sempre em mente esses pontos a fim de que no curso da efetivação do mesmo este não perca suas características e não venha a se tornar inalcançável ou sem sentido.
“Measurable” ou Mensurável. Tão importante quanto elaborar planos e objetivo é saber como estes serão acompanhados, medidos e avaliados. A mensuração diz respeito a como mediremos os avanços e etapas atingidas, nos dando, a saber, quanto tempo, recursos etc., já foi investido e quanto mais necessitara ser aplicado a fim de que seja alcançado o resultado. Assim, lembre-se: “Você não pode gerenciar o que não pode medir”. Crie métodos que o ajude a avaliar se os procedimentos utilizados na intenção de se atingir os objetivos realmente estão contribuindo para esse fim, de modo a detectar em tempo, possíveis necessidades que devam ser corrigidas.
“Attainable” ou Atingível. Os objetivos sempre devem ser grandes e inovadores, mas nunca impossíveis de alcançar. É importante estipular objetivos desafiadores que nos inspira a atingi-los, que motive a alcançá-los, mesmo que tenhamos que superar desafios e barreiras, mas isto é diferente de definir objetivos que nunca poderá ser atingido, isso é que estão alem de nossa capacidade pessoal, de nossos recursos etc. isso causará frustração, desânimo e decepções. Ao considerar um objetivo como “atingível”, não se deve pensar somente em “possível” ou “impossível”, e sim nos diversos aspectos que o afetam. Por exemplo: Pessoas que necessitam estar envolvidas, valores a serem investidos, prazo e ferramentas necessárias para se desenvolver o projeto a fim de se alcançar o objetivo.
“Realistic” ou Realista. Alem de saber se os objetivos estipulados são específicos, mensuráveis e atingíveis, cabe saber se estes são realistas, ou seja, se condizem com a sua realidade. De nada valerá propor metas e objetivos que estão alem de sua realidade. Por exemplo: Não se pode querer montar uma empresa de advocacia sem antes se dedicar aos estudos e ingressar em um curso superior nesta área. Muitas vezes o objetivo é possível, mas não é realista. Se você não tem, no momento, condições de estar por cima, tenham a maturidade de começar por baixo, criando meio de se alcançar o resultado esperado, ainda que seja em longo prazo.
“Tangible” ou Tangível. Isto quer dizer que um objetivo que possa ser sentido, observado ou tocado. É certo que muitas vezes sonhamos e objetivamos coisas ainda não existentes, mas ao propor um objetivo, principalmente se este necessitar da colaboração de outros, procure analisar se este trará resultados palpáveis, reais, procure verificar se é algo que possa ser participado por todos, observado. De nada adianta propor algo que não se possa apalpar em meio a sua evolução, precisa ser algo que ao se trabalhar nele o mesmo ganhe forma, levando-o a reconhecer que esta realmente se tornando realidade. Ou seja, procure se lançar em busca de objetivos que se podem realizar e que se possa perceber no que o esforço e os investimos estão se transformando. Seguindo cautelosamente os passos apresentados a possibilidade de se atingir os objetivos propostos certamente serão maiores, uma vez que não investirá tempo na elaboração de projetos e objetivos que não configurem algo realmente especifico mensurável, atingível, realista e tangível, ou seja, S.M.A.R.T.

Confie seus planos nas mãos de Deus, certamente seu novo ano será de grandes conquistas e vitórias. Um forte abraço.

Vitor de Oliveira Ribeiro é Técnico em Contabilidade e atua como Auxiliar em Recursos Humanos e palestrante em Motivação com ênfase em Gestão de Pessoas e Qualidade de Vida. Concluindo graduação em Gestão de Recursos Humanos. E-mail: vitororibeiro@gmail.com.

Nenhum comentário: